quinta-feira, 30 de julho de 2015

ATENÇÃO PROFESSORES PARA A PROCURAÇÃO SOBRE OS DIPLOMAS DA FTC, COPIAR IMPRIMIR E PREENCHE

PROCURAÇÃO



_________________________________________________________, portador(a) do documento de identidade  nº ______________________, expedido pelo(a) _____________________ (Órgão e Estado expedidor, e-mail: _______________________ , domiciliado(a) à _____________________________________________ nº _______ , Bairro ___________________Cidade: ________________ Estado: _____________________ , CEP: _______________________ , Telefone: ( ___ ) ____________________ , pela presente nomeia e constitui seu bastante procurador o Senhor Fábio Batista do Nascimento, coordenador da APLB-SINDICATO NÚCLEO DE ADUSTINA, portador(a) do documento de identidade nº 08.680.189 - 96 , expedido pelo(a) SSP BA (Órgão e Estado expedidor), para o fim específico de retirada de diploma de graduação, junto à FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS (FTC ead).

 

                      Adustina, _____ de ___________________ de 2015 .

 

 

 

                      _______________________________________________


                                                    (assinatura do aluno)

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Creusa Meira: Terceirização em cordel

A cordelista Creusa Meira usou da tradicional literatura de cordel para refletir sobre a Terceirização, tema que afeta diretamente a vida da população brasileiro, caso avance no Congresso Nacional.

O cordel é um gênero literário muito popular no Nordeste do Brasil onde, originalmente, os folhetos eram expostos pendurados em cordas, cordéis, ou barbantes, daí o nome.

Leia na íntegra:
É necessário buscar
No universo, inspiração
Para compor um cordel
Tratando de uma questão
Bastante ameaçadora
À classe trabalhadora
Que é a terceirização
Ferindo a constituição
Diversos parlamentares
Em uso dos seus poderes
Demais anti-populares
Conseguiram maioria
E assim da noite pra o dia
Sacrificaram milhares
Acordos particulares
Promovem esse cenário
Onde o empresariado
Grande beneficiário
Comanda infame processo
Que nutre lá no congresso
Um bando de salafrário
Com redução de salário
E as relações de trabalho
Precarizadas ao extremo
Não deixa nenhum atalho
Desfere um golpe fatal
Faz da luta sindical
Carta fora do baralho
É um projeto de lei falho
Esse quarenta e três trinta
Com a sua aprovação
De uma maneira indistinta
Haverá crise constante
Recessão predominante
E a segurança é extinta
Que a Nação toda se sinta
Pelo projeto, atingida
Nesse contexto atual
Onde se encontra inserida
Enfrentando o retrocesso
De um estúpido processo
Que ora se consolida
Experiência vivida
Com a terceirização
Tem causado sofrimento
Desde a contratação
Em jornadas estressantes
Há acidentes constantes
Baixa remuneração
Cresce a discriminação
Gerando grande conflito
Trabalhadores atuando
Em ambiente restrito
Tendo a sua autoestima
Ferida, vivendo um clima
De esgotamento infinito
O projeto tem por fito
Desconstruir as ações
Da classe trabalhadora.
Com diferentes patrões
Há grande dificuldade
De manter a unidade
Em várias negociações
São péssimas as condições
No labor terceirizado
Muitas pesquisas revelam
Trabalhador resgatado
Sem direito trabalhista
Onde a empresa alista
E o mantém escravizado
Muito se tem divulgado
Na imprensa falada e lida
Empresas terceirizadas
De maneira descabida
Exploram trabalho escravo
E vão cometendo agravo
Pelas estradas da vida
Algumas foram punidas
Pela CLT vigente
Agindo fora da lei
Isso é fato recorrente
E se for legalizado
Na votação do Senado
Esse projeto indecente?
A luta se faz urgente
Nesta atual conjuntura
Trabalhadores unidos
Devem seguir com bravura
Os passos desta jornada
Que a vitória conquistada
Tem mais valor e perdura
Para a geração futura
Deixa-se o grande legado
Assim como nós herdamos
O que veio do passado
Onde muitos lutadores
Enfrentaram opressores
Tiranos de outro reinado
Se o fato for consumado
Os direitos trabalhistas
Que foram adquiridos
Em batalhas e conquistas
Se perderão no caminho
Em grande redemoinho
De acordos oportunistas
Todos os protagonistas
Desse tão nefasto evento
Têm interesses comuns
E mantêm envolvimento
Com os donos de empresas
Que não nos causam surpresas
Pelo comprometimento
Autor desse empreendimento
Sandro Mabel deputado
Herdeiro de uma indústria
De biscoito empacotado
Com o seu nome Mabel
Representando o papel
Do vil empresariado
Trabalhador contratado
Na empresa terceirizada
Trabalha horas a mais
Mantendo uma jornada
Maior que a habitual
O que impede no final
Outra vaga a ser criada
Difícil ser comprovada
Essa manipulação
Da empresa terceirizada
Com a difícil relação
Do patrão e o funcionário
Mantendo o triste cenário
De total exploração
Casos de corrupção
Serão nessa atividade
Dentro do novo projeto
Vistos com normalidade
Gerando mais prejuízo
Ao setor público preciso
Devido à impunidade
Sofre, pois, a sociedade
Com a terceirização
E a unidade na luta
Nos dará a condução
De impedir esse revés
Abrindo um novo viés
De melhor resolução

Quem sou eu

Minha foto
PROFESSOR DO COLÉGIO MUNICIPAL DE ADUSTINA E COORDENADOR DA APLB-NÚCLEO DE ADUSTINA

TELEFONE PARA NÓS!

( 75 ) 9963 1940

Seguidores